Twitter Facebook YouTube

CUT PE > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > CONGRESSO DA CONDSEF APROVA PLANO DE LUTAS E INDICATIVO DE GREVE PARA 1ª QUINZENA DE MARÇO

Congresso da Condsef aprova plano de lutas e indicativo de greve para 1ª quinzena de março

16/12/2013

Em janeiro, servidores lançam Campanha Salarial 2014 com atividades nos estados; em fevereiro, planejam grande marcha em Brasília

Escrito por: Condsef-CUT

A Plenária de Discussão e Aprovação das Resoluções do XI Congresso da Condsef (Concondsef) votou e aprovou neste sábado (14) um plano de lutas e reivindicações que vai nortear as ações da maioria dos servidores do Executivo Federal.

Quase dois mil delegados de base de todo o Brasil – representando 80% do total de servidores da União – disseram sim a um calendário de atividades que aponta um indicativo de greve para a 1ª quinzena de março.

Em janeiro, servidores devem lançar a Campanha Salarial 2014 com atividades nos estados. Nos eixos da campanha salarial permanecem bandeiras de luta consideradas fundamentais para avanços no setor público. Estão entre as bandeiras: a luta por uma política salarial permanente; paridade entre ativos, aposentados e pensionistas; definição de data-base; regulamentação da negociação coletiva; diretrizes de plano de carreira; retirada de projetos no Congresso Nacional que prejudicam os trabalhadores públicos; além do cumprimento por parte do governo de acordos e protocolos de intenções firmados em processos de negociação.

O objetivo é também lançar a campanha salarial em fevereiro em Brasília com uma grande marcha. A expectativa é compor um calendário unificado com o fórum dos federais - do qual a Condsef faz parte - que reúne 31 entidades nacionais e as centrais sindicais.

Durante o XI Concondsef ficou claro que os servidores públicos anseiam por mudanças urgentes e necessárias na administração pública. Os processos de negociação com o governo – que este ano muito pouco ou nada avançaram – foram um dos pontos mais debatidos.

A plenária determinou que a Condsef siga insistindo no diálogo e negociação com o governo. No entanto, ela deverá lutar por mudanças neste formato atual. O objetivo é buscar mudanças que assegurem uma dinâmica mais eficiente que não deixe os servidores à mercê das vontades do governo que, este ano, cancelou reuniões, adiou discussões e emperrou gravemente o processo de negociações em curso.

Neste sentido, a busca pela regulamentação da negociação coletiva, com critérios e regras claras para o processo de diálogo entre servidores e governo, segue sendo uma das principais bandeiras de luta da categoria.

 

Homenagem – A plenária de discussão e aprovação das resoluções do XI Concondsef recebeu o nome de "Odete Gomes" em homenagem a companheira Odete, presidente da CUT Amapá, da base da Condsef, falecida este ano em tragédia que vitimou outros companheiros de luta no Amapá.

Mostrando que na luta o trabalhador se fortalece, o Amapá participou do XI Concondsef com 100% de sua delegação. A homenagem foi estendida a todos os companheiros da base e direção da Condsef que este ano concluíram sua participação terrena na luta por dias mais justos e melhores e muito contribuíram para a causa dos trabalhadores. A todos esses companheiros que seguem juntos, ainda que em outro plano, a Condsef, seus delegados e observadores rendem sua homenagem. Companheiros, PRESENTES!

 

Ano decisivo – Todo o XI Concondsef mostrou nas plenárias e nas diversas reuniões de grupo e dos departamentos setoriais a disposição da categoria para encarar os obstáculos que devem enfrentar. Todos sabem que o próximo ano é um ano decisivo. Com o Brasil sediando uma Copa do Mundo e eleições presidenciais, 2014 será um ano particularmente importante. Os servidores estão cientes do papel fundamental que desempenham para o país e vão cobrar do governo o reconhecimento necessário de que é importante garantir investimentos urgentes no setor para que este país possa avançar não só economicamente, mas tornar-se socialmente mais justo. Não se constrói um país desenvolvido sem assegurar a sua população servidores públicos de qualidade. E é para buscar avanços no setor público que os servidores se mostram mais dispostos que nunca a partir para a luta utilizando, se preciso for, seu direito legítimo e sagrado de deflagrar greve. A Condsef espera um 2014 de lutas e avanços importantes, norteado pela mesma energia e busca pela construção da unidade que deram o tom deste participativo XI Concondsef.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • Orkut
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

RÁDIO CUT
TVT Jornal CUT PE

CUT PERNAMBUCO
Rua Dom Manoel Pereira, 183 | Santo Amaro | Recife | PE | CEP 50050-140
Tel.: (55 81) 3421.1325 / 2662 | www.cutpe.com.br