Programa de Rádio da CUT PE - 25.09 a 01.10

Publicado em: 26/09/2017 Publicado em: 26/09/2017

Ricardo barros, o Ministro da Saúde do governo golpista de Temer, disse que o país não conseguirá mais sustentar os direitos básicos dos cidadãos e cidadãs, como o acesso universal a saúde. Ele alegou que faltam recursos e que o governo federal não teria condições financeira para dar esse tipo de garantia aos brasileiros.

Por trás dessa afirmação do ministro está a defesa explícita dos planos privados de saúde, em detrimento do Sistema Único de saúde, o sus, que é um dos maiores sistemas de saúde pública do mundo.

O sus é um dos principais alvos das reformas propostas pelo presidente não eleito Michel Temer. E nossos ouvintes tem perguntas sobre isso, quem responde é Madalena Silva, Secretaria de Saúde do Trabalhador da CUT nacional.

Download



Informativo CUT PE

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.