Programa da CUT - PE - 18 a 22 de seembro

Publicado em: 19/09/2017 Publicado em: 19/09/2017

Na noite da quarta-feira (13), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursou no centro da capital paranaense, em Curitiba, depois de prestar depoimento por quase três horas ao juiz Sérgio Moro, ao ser acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pela operação lava jato.
Logo no início de sua fala, Lula disse para as mais de sete mil pessoas presentes na Praça Generoso Marques para não se preocuparem com a investigação em curso, já que irá a “curitiba prestar quantos depoimentos forem necessários" e ressaltou que "a verdade vai deter a mentira”.
Lula disse que respeita o poder judiciário brasileiro, mas pede que as instituições, juízes e promotores envolvidos no processo tenham a dignidade de ir “à mesma televisão na qual me acusam, para pedir desculpa", caso não consigam provar sua condenação.

Nessa edição, vamos responder a pergunta de graziele, que é estudante.



Informativo CUT PE

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.